Dicas

Gravidez durante o verão

Se já não bastasse o barrigão, que embora lindo não deixa de ser um tanto incômodo, principalmente no final da gravidez, algumas futuras mamães tendem a sofrer mais durante o verão. Isso porque existe uma tendência de aumento das ondas de calor por causa das mudanças hormonais que acompanham a gestação. Para as grávidas, a melhor maneira de combater o calorão é usando roupas de algodão ou de outro tecido que permita a transpiração.

“Nada de sintético, o ideal são os tecidos que facilitem o dia-a-dia”, recomenda Sonia Meyer, médica ginecologista,acrescentando que as roupas devem ser soltas e de cortes confortáveis. Artifícios como ventilador e ar-condicionado não têm nenhuma restrição, desde que a gestante não tenha rinite alérgica. A ingestão de líquidos também é recomendada, de 1,5 litro a 2 litros por dia. De acordo com a ginecologista, mais que isso se torna desnecessário, pois quanto mais a mulher bebe, mais ela urina e com isso perde sais minerais. A quantidade indicada envolve qualquer tipo de líquido, como água, suco ou leite.

Quanto à alimentação, é importante que seja leve. O indicado são seis refeições ao dia, de forma fracionada (desjejum, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e um lanche antes de dormir). Frutas, verduras e legumes são liberados, mas também com moderação, sob orientação do médico. “A gestante deve ingerir de 2 mil a 2,2 mil calorias por dia para engordar de oito a 12 quilos durante a gravidez, que é o ideal”, explica.

As atividades físicas são liberadas para todas as gestantes após os três primeiros meses, desde que não haja contra-indicação. É importante que seja um exercício sem impacto e sob supervisão do ginecologista. Os mais indicados são a hidroginástica e a caminhada. Atenção quanto ao calçado e o horário: prefira um tênis macio e confortável e caminhe antes das 8 horas e após às 18 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *